Snoop Dogg explica projeto gospel e rebate críticos
10/04/2018 - 15h29 em Música

Um dos mais conhecidos rappers do mundo, Snoop Dogg ficou famoso com o estilo gangsta, onde glorificava nas letras a violência, as drogas e o sexo livre. Após ter passado por uma fase reggae, onde mudou o ritmo, mas nem tanto as letras, surpreendeu o mercado ao lançar recentemente um álbum “gospel”.

Chamado de “Bible Of Love” [Bíblia do Amor], o álbum estreou no primeiro lugar nas paradas do gênero nos EUA. Porém, recebeu muitas críticas por não ter demonstrado nenhuma mudança em sua conduta pessoal e que seria apenas uma estratégia de marketing visando lucro em um novo mercado.

Em entrevista à TV One sobre disco, Snoop explicou: “Esse não é um projeto motivado pelo dinheiro. É um projeto impulsionado pelo Espírito. Isso sempre esteve dentro de mim. Desde o momento que eu entrei na indústria da música, sempre tive influências gospel. Eu sempre chamei Jesus Cristo de meu Senhor”.

 

Contou ainda que nasceu em uma família evangélica e que sua mãe é evangelista de uma igreja pentecostal. “Este é um projeto solo dedicado a esse estilo de música e não fiz para ganhar. Seu objetivo é dar e receber amor”.

Falando sobre as muitas críticas que recebeu, especialmente de pessoas que o chamaram de falso cristão, o cantou foi enfático. “O diabo é a mentira. Eu pensei que a Igreja deveria acolher os pecadores. Se a igreja estivesse cheia de santos, isso não seria certo. Então, se você está vendo alguém procurando seu caminho de volta para casa, a coisa mais natural é ser caloroso e receptivo, abrir os braços, e dizer: ‘irmão, nós aceitamos você por quem você é. Venha como está. Sabemos que você percorreu o caminho errado e quer fazer o certo, então a gente vai te ajudar, não vamos atirar pedras”.

 

Para Snoop “É isso que está afastando as pessoas da igreja, estamos tentando trazer as pessoas de volta à igreja. Então, mostrem amor”. Disse ainda que seus críticos deveriam parar e pensar: “Quem você é? Você sabe se vai para o céu? Por que está me jugando? O que você fez para o Senhor?”. Com informações de Christian Today

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!
PUBLICIDADE